Expandir Player
Mostrando postagens com marcador galadriel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador galadriel. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Galadriel - Chasing The Dragonfly [1991] - Spain / Espanha


Não há uma revolução na música do Galadriel. Depois de um álbum de estréia simplesmente SENSACIONAL, eles vão propor o mesmo tipo de música: o que significa uma música com total influência do Yes

As composições são mais polidas. Como durante seu primeiro lançamento, haverá algumas músicas curtas aqui. Eu gosto muito de "Passport To Tora". Melodia agradável, bonito trabalho de guitarra. Mas a oriental "Under A Full-Coloured Sky" não é a minha xícara de chá. É muito influenciada perla World Music para o meu gosto.

"Alveo (Bolero)" é totalmente influenciada por um bolero mesmo. Hipnótica e suave. Faixa típica para esta banda. "Merciless Tides" tem mais variedade. O ritmo é um pouco mais vigoroso que é bem-vinda porque se tem a impressão de ouvir o mesmo tipo de sons. Um pouco demais. É uma pausa agradável entre esta maelstroëm de música calma.

Galadriel também produz uma música épica neste álbum (eles fizeram o mesmo já em sua primeira realização). Eu gosto do humor assustador da introdução de "The Gray Stones of Escalia", mas a primeira parte da canção é suave e pouco inspirada. Falta de momentos emocionais. Se não parece muito com Yes, eu diria que o clima maçante lembra-me a sério a Mark II do Marillion. Ela fica melhor durante a segunda parte, que começa com um bom solo de guitarra, e leva a um número mais Rock com teclados poderosos. Mas essas boas vibrações só vai durar por três minutos. Ainda assim, durante o final, a banda vai levar-nos para uma grande orgia de guitarra.

A música de Galadriel é totalmente sinfônica, tranquila e bonita. Seu segundo álbum ainda vale uma boa audição.


Tracks:
1. Senshi (9:16) 
2. Passport To Tora (2:19)
3. Alveo (Bolero) (7:56)
4. Under A Full-Coloured Sky (3:09)
5. Merciless Tides (6:36)
6. The Gray Stones Of Escalia (18:40)
Time: 47:56

Musicians:
- Jesús Filardi / voice and keys
- Manolo Macia / guitar (by Manolo Pancorbo, Nacho Serrano)
- Oscar Pérez / drums (by Cidon Tindrade, Renato di Prinzio)
- Pablo Molina / bass (by Marco do Santos, by Jose Bautista)
- David Alfaro / keys (by Alfredo G. Demestres, Alex Román)
(original line-up and changes between parenthesis)

Format: flac (tracks) = 303 mb
Format: mp3 (320 kbps) = 117 mb

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Galadriel - Muttered Promises From An Ageless Pond [1988] - Spain / Espanha


Embora marcado em Progarchives como Neo-Prog este álbum é claramente sinfônico, uma mistura de passagens dos primeiros trabalhos do GENESIS (Hackettianos por exemplo) e o lado soft-prog do YES, e alguns fragmentos de piano de cauda emersonianas. Por extensão de tudo isso ele também pode lembrar alguma coisa de PFM. Claramente retro-sinfônico, a maior parte suave, etéreo, lírico, fantástico e mítico E, certamente, isso não é padrão Neo-Prog.

O álbum é mau produzido, foi gravado em várias sessões, abrangendo um período de quase dois anos, em estúdios diferentes, com diferentes engenheiros e dois baixistas diferentes (um dos dois guitarristas 

teve que assumir o baixo em algumas faixas depois que o baixista original saiu), e muito provavelmente com recursos muito limitados. O lado positivo é que é soa como um disco obscuro de vintage real a partir do início dos anos 70!

Talvez o elemento mais característico é a voz de Jesus Filardi cujo tom elevado combinado com o reverb aplicado pode lembrar um pouco de Jon Anderson, embora a entonação é uma mistura da abordagem lírica de Jon com o estilo mais teatral de Fish ou Gabriel. As guitarras são principalmente Hackettianas, mas incluem alguns sabores de Steve Howe, especialmente em alguns solos, enquanto que os teclados estão mais na escola do PFM. O baixo e a bateria são de nível médio-baixo, não ajudou a qualidade de gravação pobre acima mencionada.

As letras são em Inglês, exceto na última faixa e, ao contrário de muitas outras bandas espanholas, estas são muito bem escritas e pronúncia de Filardi é muito boa. 

As 3 primeiras músicas são coletivamente agrupados como "The Day Before the Harvest". "Lagada" é a primeira e mostra desde o início, o que vamos encontrar aqui: composições no padrão GENESIS/Hackett do período "Trespass"/"Selling England By The Pound" com algumas influências de YES e outras influências iniciais do anos 70.  Também possui alguns preenchimentos de violino muito bons, o que dá um destaque na criatividade das composições. 

"Virginal" é instrumental, um belo dueto delicado de violões, novamente muito Hackett-Rutherford.

"To Die em Avalon" é mais uma vez no estilo suave de GENESIS mais primário embora alguns fragmentos de guitarra faz lembrar também do início de KING CRIMSON e há um solo de piano competente, que poderia ter sido  feito por Keith Emerson.

As próximas duas músicas são agrupados como "The Year of the Dream". "Limiar" é outro curto instrumental da atmosfera Hackettiana, não é ruim, mas nada de especial.

O que temos em 20 minutos da suite "Landahl's Cross", é um outro caldeirão de influências do prog sinfônico vintage: início de GENESIS, letras de YES, KING CRIMSON, "Grendel" do MARILLION e assim por diante. No entanto, esta não é a grande faixa parece deslocada e carece de definição.

As últimas duas canções ou uma na versão Musea. "Summit" é muito boa, com uma atmosfera fantástica lembrando um pouco de GENESIS "The Fountain of Salmacis" e outro grande solo de piano inspirando em Keith Emerson.

O álbum fecha com "Nunca de noche", com letra em espanhol, com arpejos de guitarra e a melodia vocal. Uma canção simples agradável.

Recomendado se você gosta deste estilo de música, contanto que você não espere uma obra-prima como "Foxtrot" e perdoe um pouco há má produção, mas enfim, o disco merece uma atenção bem disposta !!!


Tracks:
1. The Day Before The Harvest: Lágada (8:30) 
2. Virginal (2:26) 
3. To Die In Avalon (10:00) 
4. The Year of The Dream: Limiar (Winter's Request) (1:26) 
5. Landahl's Cross (20:04) 
6. Summit (11:27) 
7. Nunca De Noche (2:20)
Total Time: 55:00

Musicians:
- Manolo Macia / guitars 
- Manolo Pancorbo / guitars and bass 
- David Aladro / keyboards 
- Cidon Trindade / drums and percussion 
- Jesús Filardi / vocals and percussion 
- Alfredo Garcia / violin (#1) 
- Pablo Molina / bass (#5, #6) 
- Angel Romero / backing vocals and percussion (#5)

Format: mp3 (320 kbps) = 134 mb = Mega
Format: flac (tracks + cue) = 348 mb = Mega

Pesquisar este blog

WORLD