quarta-feira, 23 de julho de 2014

Collegium Musicum - Konvergencie [1971] [2 DISCS REMASTERED VERSION] - Czech Republic / República Tcheca


Essa postagem consta de duas versões remasterizadas do mesmo disco que originalmente foi lançado como um LP duplo que continha quatro faixas. Nesta versão de 1991, a ordem das faixas foi alterada reformulando o set original e aparecem como a última faixa do cd 1 e as três primeiras do cd 2, as faixas restantes são as mesmas que compõem a versão remasterizada do primeiro disco de 1970, "Collegium Musicum" acrescidas de dois singles: "Hommage á J. S. Bach" (7:17), um delírio instrumental clássico e "Ulica plná plášťov do dažďa" (6:41), não tão brilhante quanto as demais, mas representa bem o Prog-Rock eclético proposto pela banda. 

A segunda versão foi lançada em 2007 e fideliza o lançamento original mantendo as músicas na ordem em que aparecem no vinil de 1971,  e remasterizadas digitalmente.

O disco é muito bom e longo  com uma capa que simplesmente atrai, jutamente com uma hora de boa música alternando Prog com fortes guitarras e muito trabalho de órgão Hammond com referências óbvias do tecladista Márian Varga aos arranjos de Keith Emerson.


Original LP
Tracks:
1. P.F. 1972 (22:00)
2. Suita po tisíc a jednej noci (22:33)
3. Piesne z kolovratku (17:53)
4. Eufónia (20:06)
Time: 82:32

2007 2 CD remastered
Tracks:
1. P.F. 1972 (22:00)
2. Suita po tisíc a jednej noci (22:33)
3. Piesne z kolovratku (17:53)
4. Eufónia (20:06)
Time: 82:32

1991 CD Re-release
Tracks:
Disk 1:
1. Hommage á J. S. Bach (7:17)
2. If you want to fall (13:27)
3. Strange Theme (13:44)
4. Concerto in D (12:40)
5. PF 1972 (22:00)
Disk 2:
1. Suita po tisíc a jednej noci (22:36)
2. Piesne z kolovrátku (17:56)
3. Eufónia (20:11)
4. Ulica plná plášťov do dažďa (6:41)
Time: 136:34

Musicians:
- Marián Varga / Hammond organ, organ, piano, subharchord, glockenspiel
- František Griglák / guitar, mandolin, vocals
- Fedor Freěo / bass guitar, bass mandolin, vocals
- Dušan Hájek / drums
- Pavol Hammel / vocal (on Disc 2, [2] )
- Children's chorus headed by I. Klocháň

1991 2 cds re-released:
Format: mp3 (320 kbps) = 367 mb = Mega

2007 2 cds re-released:
Format: flac (image + cue) = disc 1 = 270 mb = Mega
Format: flac (image + cue) = disc 2 = 219 mb = Mega
Scans

terça-feira, 22 de julho de 2014

Collegium Musicum - Collegium Musicum [1970] [REMASTERED EDITION WITH BONUS TRACKS] - Czech Republic / República Tcheca


Fortemente influenciado pelo THE NICE, a estréia no mundo musical do COLLEGIUM MUSICUM se encaixa muito bem no gênero do proto-Prog, com riffs simples do CREAM combinados com arranjos ambiciosos de sopro e de cordas que eram uma parte importante deste estilo (ainda como) protótipo. Mas, surpreendentemente Marian Varga & Co. não ficaram atrás de bandas ocidentais do mesmo ano, com bandas seminais ainda lançando álbuns proto-Prog como "Time and a Word" e "Atom Heart Mother", na medida em que combinou o clássico com riffs de blues-rock do final dos anos 60. Este é o único álbum do COLLEGIUM MUSICUM que apresentam vocais em inglês conduzidos por Fedor Freso, o baixista. Sua voz é muito tensa e ele tem um leve sotaque, mas não me incomoda. Também é notável que este álbum tem uma produção boa, considerando que os estúdios na Checoslováquia não eram tão bem equipados.

No lançamento original há três músicas (em média) com 13 minutos de duração. "If You Want to Fall" tem um riff típico blues rock, com uma excelente seção do meio psicodélica, e bons solos realizados por todos os membros. 

"Strange Theme" se aproxima de ELP com uma progressão de acordes clássica, mas com um típico coral flower power dos anos 60. A canção se dissipa pela primeira vez em um excelente solo de órgão hammond de Marian Varga, antes de entrar no mesmo ritmo como "21st Century Schizoid Man" praticamente ao mesmo tempo, com um pouco de sax bem livre e bem tocado. KING CRIMSON pode ter sido a inspiração aqui. Ficamos com um solo longo do guitarrista Rasto Vacho, que não era tão bom quanto o seu sucessor, sendo bastante limitado aos clichês dos anos 60, com entonação e controle fraco. 

A última faixa "Concert in D" é um arranjo do Concerto de Haydn em Ré. É um arranjo muito inofensivo para os padrões modernos, com uma batida de rock com orquestra simples sob interpretação extraordinariamente fiel de Varga. No entanto, o álbum era ambicioso para o seu tempo e ambiente, e mesmo 37 anos depois de seu lançamento ainda é audível.

Sobre o hammond de Varga: não há muitas semelhanças entre ele e Emerson, quando se trata de estilo de tocar, apenas o fato de que ambos têm um toque bastante forte. O que torna Varga único é o seu senso de timing eslavo, de forma similar à música popular tradicional. 





Tracks:
Original LP:
1. If You Want To Fall
2. Strange Theme Part I
3. Strange Theme Part II
4. Concerto in D 
Remaster CD edition:
1. Hommage à J. S. Bach {*}{from 1970 EP} [07:16]
2. Ulica plná plášťov do dažďa {*}{from 1970 EP} [06:43]
3. If You Want To Fall [13:24]
4. Strange Theme [13:40]
5. Concerto In D (J. Haydn, arr. Collegium Musicum) [12:35]

Musicians:
- Marián Varga / organ, harpsichord
- Fedor Freso / bass guitar, vocal
- Raso Vacho / guitar
- Dusan Hájek / drums

Format: mp3 (320 kbps) = 132 mb = Mega

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Cruciferius - A Nice Way To Life [1971] - France / França


Extremamente raro esse grupo de Ecletic-Prog-Funky francês, lançou seu único disco pelo famoso selo francês Egg, com uma mistura de clima dark, Rock progressivo psych (psicodélico), Jazz, Funk com guitarras ácidas, órgão e vibrafone. Os Vocais são em Inglês. O LP é produzido por Franz Auffray da Original Popcorn. 

As origens do grupo provém das idéias musicais de François Bréant que nasceu em Rouen, na França, e suas inclinações musicais foram fortemente incentivadas por seu pai, ele próprio um pianista e pintor. Aprendeu a tocar piano e órgão em na juventude. No liceu (ensino médio) ele costumava dar brilho a música de Ornette Coleman e John Coltrane, e tocava em inúmeras unidades locais de Jazz. Após estudos na École des Beaux-Arts de Rouen ingressou eno Cruciferius Lobonz, formado juntamente com Christian Vander e Bernard Paganotti

Bernard Paganotti, posteriormente, tornar-se um membro da banda MAGMA. Marc Perru último trabalhou em conjunto no álbum solo de François Bréant e com a banda francesa chamada ERGO SUM.



Tracks:
1. Big Bird (E. Floyd, S. Crooper) - 7:18
2. What Did You Do (M. Perru, B. Paganotti) - 5:18
3. Let’s Try (M. Perru) - 3:34
4. A Nice Way Of Life (M. Perru, F. Bréant) - 2:39
5. Gimme Some Lovin’ (S. Winwood) - 3:32
6. It’s Got To Be A Rule (M. Perru) - 4:21
7. Jungle Child (M. Perru, F. Bréant) - 4:47
8. Annabel Lee (E. A. Poe, B. Paganotti) - 5:33

Musicians:
*François Bréant -  Keyboards, Vibes, Vocals
*Bernard Paganotti -  Bass, Vocals
*Marc Perru -  Guitar, Vocals
*Patrick Jean -  Drums

Format: flac (image + cue) = 271 mb = Depositfiles / pass = xara
Format: flac (tracks + cue) = 271 mb = Mega

Wind - Seasons [1971] - Germany / Alemanha


Um dos pioneiros da cena alemã do início dos anos 70, formado em meados da década de 60, em Erlangen, sob o nome Bentox e trilhando um som Beat. Em 1969 foram renomeados para Chromosom, desta vez adicionaram elementos do som da Costa Oeste em seu estilo e em 1970 Steve Leistner entra na banda como vocalista e a banda mudou drasticamente seu som, agora sob o nome WIND.

Seu debut ''Seasons'' foi lançado em 1971 com baixo orçamento pelo rótulo obscuro +Plus+, que conseguiu realizar apenas três álbuns antes de fechar.

O álbum tem uma orquestração muito orientada aos teclados, principalmente Hammond Organ, comparando-se a URIAH HEEP, mas ainda por muitos conhecedores de música sendo classificado no estilo Krautock.

"What do we Do Now" abre com órgão marcante recheado de vibes. Uma calma surge com um som de flauta e em seguida os contrastes reaparecem até o final da faixa. O órgão é grandioso e seguido por um solo de guitarra. 

"Now It's Over", é uma ótima canção. O Órgão flutua junto com uma guitarra suave e vocais acompanhando entrando num terreno tipicamente Floydiano. 

"Romance" é uma peça curta de piano.

"Springwind" é outra ótima pista. Possui órgão e piano como o vento soprando. Os vocais são ótimos e bem singulares. A guitarra e órgão estram "rasgando" após a calmaria.

"Dear Little Friend" apresenta um órgão poderoso na verdade

"Red Morningbird" tem cerca de quase 16 minutos. É pastoral com sons de uma natureza primitiva. Iniciando com vocais, em seguida, a guitarra desempenha seu papel maravilhosamente dando um clímax a peça e em seguida a calma e tranquilidade retornam e permanecem até o final.



Tracks:
1. What Do We Do Now (8:28)
2. Now It's Over (4:25)
3. Romance (1:35)
4. Springwind (7:10)
5. Dear Little Friend (4:17)
6. Red Morningbird (15:54)
Time: 42:00

Musicians:
- Steve Leistner / Lead Vocals, Harmonica, Percussion
- Thomas Leidenberger / Guitars, Vocals
- Andreas Büeler / Bass, Vocals, Percussion
- Lucian Büeler / Organ, Piano, Vocals, Percussion
- Lucky Schmidt / Drums, Percussion, Vibraphone, Clavinet, Piano 

Format: flac (tracks + cue) = 280 mb = Mega / pass = rarities
Format: mp3 (320 kbps) = 90 mb = Mega

Zarathustra - Zarathustra [1972] - Germany / Alemanha


Diante de muitas avaliações pela crítica especializada, não há dúvida de que estamos falando aqui do URIAH HEEP alemão. A banda ZARATHUSTRA lançou esse seu primeiro e único álbum, em 1972, pela Metronome (subsidiárias deste rótulo também inclui Brain e Ohr, entre outros). 

A comparação com URIAH HEEP é devido as características vocais que se assemelham a David Byron, para não mencionar o trabalho do órgão fuzzed que é semelhante ao usado por Ken Hensley. A música também é semelhante ao ATOMIC ROOSTER, CAPTAIN BEYOND e DEEP PURPLE

Parece ser um trabalho subestimado, apesar da evidente falta de originalidade, mas isso não tira o valor do trabalho que é feito com muito cuidado e sensibilidade.

Destaque para as faixas: "Eternal Light (5:39)", "Mr. Joker (3:42)" e "Past Time (9:54)"


Tracks:
1. Eternal Light (5:39)
2. Mr. Joker (3:42)
3. Past Time (9:54)
4. Nightmare (5:34)
5. Sad Woman (3:35)
6. Ormuzd (7:27)
Total time 35:51

Musicians:
- Ernst Herzner / lead vocals
- Wolfgang Reimer / guitar, vocals, percussion
- Michael Just / bass, vocals
- Klaus Werner / organ
- Wolfgang Behrmann / drums, percussion

Format: flac (tracks + cue) = 239 mb = Mega
Format: flac (tracks + cue) = 239 mb = Yandex
Format: mp3 (320 kbps) = 84 mb = Narod

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Mcchurch Soundroom - Delusion [1971] - Swiss / Suiça


MCCHURCH SOUNDROOM é uma banda originária da Suíça, desconhecida e as vezes apontada erroneamente como alemã. Só gravou um único álbum que ganhou status de "cult" entre colecionadores e fãs de obscuridades por se tratar de um dos LPs mais raros lançados pela Pilz, gravadora alemã responsável por apresentar ao mundo bandas como Popol Vuh e Witthuser & Westrupp e produzido pelo todo-poderoso Conny Plank. O estilo flerta com o Hard Rock, Folk, Jazz, e Blues britânico, embora com elementos progressivos distintos. Possuem traços de JETHRO TULL (devido a similaridade com seus primeiros trabalhos) Keef Hartley Band, Savoy Brown e outras bandas da época, e tudo isso coberto por um clima de psicodelismo típico do fim da década de 60.

Demonstram excelência técnica, repleto de ótimos grooves e jams. O lado progressivo é o mais explorado, porém sem deixar de flertar bastante com os etilos acima citados. 

A faixa título, "Delusion" abre com violões e uma distintiva flauta soando como Ian Anderson, um vocal harmonioso (quase sem sotaque) e bem colocado, mas logo a seguir a harmonia de Blues e Jazz se fazem notáveis. Momentos de groovy são realmente divertidos.

"The Dream OF A Drummer" é quase composta por um solo de forma exclusiva. Cerca de dez minutos dedicados a um baterista. Por mais que demonstre as qualidades do músico poderia ter 5 minutos a menos o que já iria satisafazer os amantes do instrumento.

"Time is Flying" possui órgão, flauta e guitarra excelentemente se complementando. A estrutura da canção é bastante complexa.

"What Are You Doin'" abre com órgão da igreja, mas a parte do meio com guitarras duplas é que chama realmente atenção, mesmo utilizando a técnica de delay. 

As últimas faixas "Trouble Part 1" e "Trouble Part 2" se assemelham a trabalhos dos primeiros álbuns do Jethro Tull novamente, nada de anormal para a época.

Embora classificado na categoria Krautrock em várias citações, "Delusion" é um álbum muito agradável de destacando entre as bandas do estilo, no entanto. Os músicos são extremamente qualificados e competentes, sem qualquer dúvida, especialmente a guitarra fantástica e presença do órgão Hammond. As composições são bastante originais, construídas e bem pensadas. Consegue executar com maestria a proposta de um trabalho com transição do Blues pesados ​​comum para o terreno do Rock Progressivo. É uma pena que só tenham realizado esse álbum e literalmente sumido do mapa musical.


Tracklist:
1. Delusion
2. Dream Of A Drummer
3. Time Is Flying
4. What Are You Doin'
5. Trouble Part 1
6. Trouble Part 2

Musicians:
• Sandy McChurch [Sandro Chiesa] (vocal, flauta)
• Heiner Althaus (guitarra)
• Alain Veltin (órgão)
• Kurt Hafen (baixo)
• Norbert "Nobbi" Jud (bateria)

Format: flac (tracks) = 223 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 94 mb = Yandex

sábado, 12 de julho de 2014

IRMANDADE DOS BLOGS - Postagem Especial Dia Mundial do Rock: Genesis - Live At Rainbow Theatre 1973 (complete set) [2009] - United Kingdom / Reino Unido

Hoje dia mundial do rock está sendo feita a primeira postagem da ''Irmandade dos Blogs''. A irmandade dos blogs é uma página criada no facebook que tem o objetivo de fazer a união de donos de blogs brasileiros, com os objetivos de haver uma maior divulgação desses blogs, de fazer postagens especiais em conjunto em épocas distintas, além de fazer com que os donos das páginas façam o intercâmbio entre si, se conhecendo, realizando parcerias entre os blogs e fazendo amizades.

Até o momento 23 blogs estão fazendo parte desta associação que foi criada recentemente, e que encontra-se em fase de estruturação funcional.

O grupo também foi aberto para os membros e visitantes de cada blog participante, que terão a oportunidade de interagir com os blogueiros, fazendo pedidos, dando sugestões, ou simplesmente fazendo amizade com os mesmos.

Abaixo está a lista de blogs que estão participando dessa postagem inicial de estréia, com cada blog fazendo a abordagem em cima de um disco ou banda diferente. Visitem!











Roxx 2 Download  (Portugal)






________________________________________________

Para comemorar esse dia festivo, trago até vocês essa MARAVILHA!, que antes só podia ser apreciada em bootlegs, e se trata nada mais, nada menos de uma das bandas mais cultuadas do Prog Rock mundial, GENESIS.


De muito interesse para os fãs da banda nessa fase dourada, ainda com Peter Gabriel no vocal, sem dúvida, este registro ao vivo "Live At the Rainbow 1973" inédito até o lançamento num box-set em 2007, é particularmente um desempenho impressionante, poderoso e cheio de energia.

Esse show aparece primeiramente no box-set lançado em 1998 - Genesis Archive 1967-75 - no cd numero 3, porém numa versão reduzida, apresentando apenas algumas músicas. 

Em 2009 é lançado mais um box-set (já citado acima) - Genesis Live 1973–2007 - que incluia 4 álbuns ao vivo já lançados pela banda mais esse show quase na íntegra, pois todas as faixas apaecem apenas no DVD áudio 5.1,  na versão em CD foram excluídas duas faixas: "Watcher Of The Skies" e "The Musical Box", daí a dificuldade em se conseguir o set por completo. Apresento aqui o show com todas as suas musicas ripadas do DVD áudio em qualidade WAV, sem nenhuma perda de qualidade.

Espero que possam apreciar essa preciosidade que apresenta a banda em uma faze genial de criatividade e performance ao vivo.

Enjoy !!!



Tracks:
01 - Watcher Of The Skies
02 - Dancing With The moonlit Knight
03 - I Know What I Like
04 - Firth Of Fifth
05 - More Fool Me
06 - The Battle Of Epping Forest
07 - Peter Gabriel & Phil Collins - Green Grass Tale (Duo Performance)
08 - Supper's Ready

Personnel:
- Peter Gabriel: Vocals
- Steve Hackett: Guitars
- Mike Rutherford: Bass and Guitars
- Tony Banks: Keyboards
- Phil Collins: Drums and Vocals

Formatwav (tracks, no cue) = 1, 26 Gb = yandex part 1 / yandex part 2 / yandex part 3 / pass = makina
Format: mp3 (320 kbps) = 224 mb = Mega / pass = progsounds

Pesquisar este blog

Carregando...

Menu (Teste)

WORLD