Expandir Player

PROG SELECTION

Mostrando postagens com marcador sahara. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sahara. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Sahara - Sunrise [1974] - Germany / Alemanha




SAHARA é uma banda alemã que produziu dois álbuns, mas antes adotando o nome de SUBJETC ESQ. A música é bastante típica do início dos anos 70 com elementos de JETHRO TULL (pela interação flauta guitarra), Proto-Prog, no estilo inicuial do YES, e os riffs ocasionais de saxofone lembrando um primitivo VAN DE GRAAF GENERATOR. Há algumas partes de Space Rock e sinfônicas que lembram outras bandas do período. 

Nesse disco temos uma grande mudança. Depois de ter sofrido a partida do tecladista Stadler, foi acrescentado um guitarrista extra, o inglês Nick Woodland (da banda GIFT),então o grupo mudou seu nome SUBJECT ESQ para o mais conciso SAHARA e iniciou uma nova aventura musical. Mas a melhor coisa a acontecer para a banda foi a chegada do ex-OUT OF FOCUS, o tecladista Hennes Herring com muitos teclados diferentes. Lançado com uma arte de capa soberba, o álbum foi lançado por um pequeno selo alemão Pan (Ariola), mas também foi distribuído no Reino Unido no rótulo Dawn no início de 1974. Agora como um sexteto, o SAHARA desenvolveu um som Prog Rock variado, por vezes clássico, outras vezes Jazz, e em outras, utilizando o Blues.

Começando descontroladamente no ultra riff de guitarra veloz, "Marie Celeste" (a boat), traz no órgão de igreja o seu movimento mais silencioso, até que o sax sopra a sua alma e as velas de barco apresentam as mudanças com turbulentos tempo musicais. 


"The weaker Circles", é um trilha country-Folk, mais Folk do que Country, mas se sobressai como uma incursão extravagante dentro da sonoridade proposta pela banda nesse disco. 

A seguir "Rainbow Rider" é uma pista com um tom meio "amargo" que mergulha no Jazz, após uma introdução de piano e um verso em ritmo acelerado.

O outro lado do disco é o grande destaque, com a sua longa faixa-título, uma das melhores suítes épicas multi-movimento, e certamente uma das mais variadas: indo do eletrônico ao clássico com 27 minutos de duração. Uma luz agradável melodia leva mais de um minuto antes de ele se transformar em um Space Rock incrível. O baixo nessa música é grandioso. As partes de mellotron são fantásticas por volta dos 18 minutos. Esta canção é claramente o ponto alto do álbum e vale a pena o preço do ingresso nessa viagem.


Tracks:
1. Marie Celeste (7:37)
2. Circles (4:42)
3. Rainbow Rider (8:41)
4. Sunrise (27:12)
- Part 1: a) Sunrise / b) The divinity of being / c) Perception (inc. Devil's tune) / d) Paramount confluence
- Part II: a) Aspiration / b) Creativity / c) Realisation
Time: 48:13

Musicians:
- Henner Hering / keyboards
- Michael Hofmann / woodwinds, Moog, Mellotron, vocals
- Alex Pittwohn / harmonica, tenor saxophone, vocals
- Harry Rosenkind / drums, tuned percussion
- Stefan Wissnet / lead vocals, bass
- Nicholas Woodland / guitars

Format: flac (tracks) = 246 mb = Mega / pass = makina
Format: flac (tracks + cue) = 246 mb = Netkups
Format: mp3 (320 kbps) = 112 mb = Narod

Sahara - Sunrise [1974] - Germany / Alemanha

Pesquisar este blog

WORLD