Expandir Player

PROG SELECTION

Mostrando postagens com marcador emtidi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador emtidi. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Emtidi - Saat [1972] - Germany / Alemanha


Esse disco poderia ser classificado como  Krautfolk, embora eu não seja muito a favor de classificações a não ser para recomendar algo a um ouvinte iniciante (risos).

O primeiro álbum da dupla, "Emtidi" era bem inexpressivo, um monte de músicas hippie sobre "olhando para as pessoas" e conduzido por monótonos arranjos de doze cordas. Este álbum é um passo à frente, com alguns teclados e percussões agradáveis. Os Vocais de Dolly Holmes avançaram consideravelmente, e ela fornece alguns belos ambientes com sua voz entrecortada.

O álbum "Saat" possui sintetizadores vintage, juntamente com os instrumentos básicos folclóricos ao contrário de seu antecessor, e há duas longas suítes também, então EMTIDI evoluiu grandemente para uma direção mais impressionista e interessante neste disco, na minha humilde opinião.

Algumas partes da música de abertura "Walkin 'in the Park" são muito bonitas, como a melodia no início. Há também um Jazz Blues executado no final.

"Träume" (Sonho), é uma paisagem sonora de grande beleza, calma e etérea embasada em sintetizadores e vocais. Infelizmente é uma trilha bem curta.

"Touch the Sun", ao contrário da faixa anterior, tem quase 12 minutos de duração.  Abre com ondas longas de sons eletrônicos, que são depois unidas por notas de cristalinas e "choros" suaves de guitarra e vocal. Esta é bastante minimalista, mas muito bonita e funciona agradavelmente. Depois de cinco minutos o violão abre a fase de composição Folk com melodias encantadoras e fortes, e há também um mellotron fabuloso audível em background. O teclado no meio da seção Folk convencional introduz alguns elementos de vanguarda para esta composição. A canção abre e fecha com alguns sons rápidos de pássaros, criando uma ilusão de espaço físico para a melodia.

"Love Time Rain" é uma faixa Folk pouco convencional, assemelhando-se as canções de seu primeiro álbum.

A faixa-título "Saat" (plantio) é muito, muito melhor. Ela abre com uma agradável acorde tranquilo que é executado no violão, onde ambos os vocais femininos e masculinos logo vem a se unir. Embora esta seja também uma canção bastante comum de Psych Folk, as melodias encantadoras e o desempenho coerente tornam esta uma melodia agradável, realmente um dos melhores um dos álbum em matéria de qualidade global. 


O épico "Die Reise" (The Voyage) com duração de 10 minutos, abre novamente com teclados etéreos. Logo, um violão começa a impulsionar a música, e essa progressão é liderada por uma voz masculina cantando em língua alemã. Existem também um suporte de teclados mínimos e vozes femininas. Depois de três minutos a viagem leva a um órgão de igreja, logo os teclados tocam melodias universais onde a electronica vintage pinta alguns padrões sonoros. Perto do fim, uma flauta solo se destaca sobre tranquilos acordes de sintetizador. O épico fecha para o final emergente da repetição do tema inicial.

Esse álbum é bem mais interessante do que o primeiro LP da banda. Fãs de Folk psicodélico e underground alemão dos anos 70 devem constatar isso com toda certeza.

Discography / Discografia


Tracks:
1. Walkin' in the Park (6:27) 
2. Träume (3:15) 
3. Touch the Sun (11:42) 
4. Love Time Rain (2:43) 
5. Saat (4:07) 
6. Die Reise (10:04)
Time: 39:00

Musicians:
- Maik Hirschfeldt / vocals, guitars, bass, synthesizer, flute, cymbals, vibraphone, Muzzle drums 
- Dolly Holmes / vocals, organs, electric piano, piano, Mellotron, electric spinet 
With: 
- Dieter Dierks / percussions, bass and help with Mellotron

Release/Label:
CD 9019 GALAXIS

Format: flac (image + cue) =  221 Mb = Torrent
Format: flac (image + cue) = 231 mb = Depositfiles / pass = makina
Format: mp3 (320 kbps) =  93 mb = Yandex / pass = makina


Emtidi - Saat [1972] - Germany / Alemanha

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Emtidi - Emtidi [1970] - Germany / Alemanha


EMTIDI é uma dupla alemã composta de uma cantora (maravilhosa, por sinal) Dolly Holmes e um excelente músico que toca guitarras (acústica e elétrica) e flautas: Maik Hirschfeldt. O som da banda envolve um clima cósmico e psicodélico, não se atendo exclusivamente a um só. Isso era devido a introdução de teclados que era mais um atributo da vocalista, que também ocupava essa função.


Esse primeiro disco da dupla foi lançado pela primeira vez em 1970 pela etiqueta Thorofon, mais conhecida por seu catálogo de música clássica. O CD de 1995 pelo selo dúbio Germanophon é uma cópia pobre do vinil. A Wah-Wah Records lançou uma cópia em vinil a partir das fitas master em 2007.

Aqui não há bateria, baixo ou instrumentos elétricos, e de fato, a dupla gravou com nada mais do que um par de violões, flauta ocasional, um bouzouki e um kazoo, que parece surgir apenas em "No Turn Back". O toque da guitarra é bastante genérico norteando sempre o Folk e o acústico. A flauta é quase imperceptível quando ela aparece e realmente quase não conta como um instrumento, como resultado (exceto no fechamento "Flutepiece"). O bouzouki se mistura com a acústica de 12 cordas chegando ao ponto onde não se distingue um do outro.

As cinco primeiras faixas não são muito mais que simples populares canções de uma era hippie que era tão prevalentes nessa época e que existem em centenas de ​​esquecidos, álbuns semelhantes, que são ainda mais perdidos no tempo do que este. Enquanto as quatro últimas faixas são um pouco mais ácidas com uma característica mais instrumental, não sei dizer se isso é intencional.  Perceba o agradável solo de guitarra acústica em “Birds on a Graveyard”, e uma espécie de aberração Folk com o bouzouki e flauta chamado "Flutepiece".

Não chega a ser um obra-prima mas é um disco bem interessante para que curte uma música calma e relaxante.

O segundo disco "Saat" é recheado de mellotron e flerta muito com Prog Rock se tornando um clássico indispensável do gênero, sendo comparado com os trabalhos do HÖLDERLIN, "Holderlin's Traum" de 1972 e Broselmaschine álbum homônimo de 1971. Vale e muito a audição de ambos. 


Tracks:
1. Lookin' for People (3:55) 
2. Shadow on Your Face (3:55) 
3. Long Long Journey (2:24) 
4. No Turn Back (1:55) 
5. Space Age (4:10) 
6. Let the Joint go 'round (5:00) 
7. Yvonne's Dream (2:40) 
8. Birds on a Graveyard (3:30) 
9. Flutepiece (7:20)
Time: 34:49

Musicians:
- Maik Hirschfeldt / 7 & 12-string acoustic guitar, flute, vocals 
- Dolly Holmes / 6-string acoustic guitar, bouzouki, kazoo, vocals

Release/LabelGermanophon 941057 (1995)

Format: flac (tracks+.cue) = 215 Mb = Torrent

Emtidi - Emtidi [1970] - Germany / Alemanha


EMTIDI é uma dupla alemã composta de uma cantora (maravilhosa, por sinal) Dolly Holmes e um excelente músico que toca guitarras (acústica e elétrica) e flautas: Maik Hirschfeldt. O som da banda envolve um clima cósmico e psicodélico, não se atendo exclusivamente a um só. Isso era devido a introdução de teclados que era mais um atributo da vocalista, que também ocupava essa função.


Esse primeiro disco da dupla foi lançado pela primeira vez em 1970 pela etiqueta Thorofon, mais conhecida por seu catálogo de música clássica. O CD de 1995 pelo selo dúbio Germanophon é uma cópia pobre do vinil. A Wah-Wah Records lançou uma cópia em vinil a partir das fitas master em 2007.

Aqui não há bateria, baixo ou instrumentos elétricos, e de fato, a dupla gravou com nada mais do que um par de violões, flauta ocasional, um bouzouki e um kazoo, que parece surgir apenas em "No Turn Back". O toque da guitarra é bastante genérico norteando sempre o Folk e o acústico. A flauta é quase imperceptível quando ela aparece e realmente quase não conta como um instrumento, como resultado (exceto no fechamento "Flutepiece"). O bouzouki se mistura com a acústica de 12 cordas chegando ao ponto onde não se distingue um do outro.

As cinco primeiras faixas não são muito mais que simples populares canções de uma era hippie que era tão prevalentes nessa época e que existem em centenas de ​​esquecidos, álbuns semelhantes, que são ainda mais perdidos no tempo do que este. Enquanto as quatro últimas faixas são um pouco mais ácidas com uma característica mais instrumental, não sei dizer se isso é intencional.  Perceba o agradável solo de guitarra acústica em “Birds on a Graveyard”, e uma espécie de aberração Folk com o bouzouki e flauta chamado "Flutepiece".

Não chega a ser um obra-prima mas é um disco bem interessante para que curte uma música calma e relaxante.

O segundo disco "Saat" é recheado de mellotron e flerta muito com Prog Rock se tornando um clássico indispensável do gênero, sendo comparado com os trabalhos do HÖLDERLIN, "Holderlin's Traum" de 1972 e Broselmaschine álbum homônimo de 1971. Vale e muito a audição de ambos. 


Tracks:
1. Lookin' for People (3:55) 
2. Shadow on Your Face (3:55) 
3. Long Long Journey (2:24) 
4. No Turn Back (1:55) 
5. Space Age (4:10) 
6. Let the Joint go 'round (5:00) 
7. Yvonne's Dream (2:40) 
8. Birds on a Graveyard (3:30) 
9. Flutepiece (7:20)
Time: 34:49

Musicians:
- Maik Hirschfeldt / 7 & 12-string acoustic guitar, flute, vocals 
- Dolly Holmes / 6-string acoustic guitar, bouzouki, kazoo, vocals

Release/LabelGermanophon 941057 (1995)

Format: flac (tracks+.cue) = 215 Mb = Torrent

Pesquisar este blog

WORLD