Mostrando postagens com marcador caravan. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador caravan. Mostrar todas as postagens

sábado, 15 de agosto de 2015

Caravan - Caravan & The New Symphonia - The Complet Concert [1974 / 2001] - United Kingdom / Reino Unido


Caravan decidiu após o sucesso de seu álbum, "For Girls Who Grow Plump In The Night" gravar um concerto ao vivo que consistia de uma orquestra que foi usada em todo o álbum "For Girls ...". Se você tiver o álbum original, você vai ter o que passou a ser a metade do álbum. A nova versão remasterizada tem tudo o que aconteceu naquela noite em outubro de 1973. A banda entrou no palco e tocaram algumas poucas faixas do novo álbum menos a orquestra. Os teclados de Dave Sinclair brilham, intensamente na maioria das faixas, (pelo menos ele não se limitou a realizar um cópia exata do seu trabalho em estúdio). A bateria de Coughlin também se destaca tanto na parte pré-orquestra quanto na segunda metade com orquestra. Quando a orquestra sobe ao palco as coisas realmente começam a ferver. Desde o início, "The Love In Your Eye" é a beleza encarnada. As cordas combinam perfeitamente com canto delicado de Pye. E os metais! é o Céu na Terra. As duas canções seguintes foram escritas literalmente naquele dia, com as letras feitas apenas horas antes do show começar. Ambas as canções retornam aos seus primeiros dias da banda com "Virgin on the Ridiculous" abrigando mais poder instrumental, especialmente com as teclas lastreadas em fuzz poderosos de Sinclair. No entanto, é a enésima versão ao vivo de "For Richard" que deve ser o chamariz para se comprar o disco. E tem grande chance de ser a versão mais potente, com a ajuda da orquestra ao fundo. O volume e a potência ficam tão altos que até o final da música que vai faltar o ar ao esperar uma colisão estrondosa. É o que você quer de uma tal fusão de instrumentos e muito mais! O disco termina com um bis com a orquestra que quase não aconteceu, (normas sindicais). Mas "Hunting We shall Go" é outra faixa extra e vale a pena. Ah, e devo mencionar violino de Richardson. ele é sua arma secreta, sem dúvida. Vou terminar dizendo, um disco ao vivo maravilhosamente bem feito com uma versão de "For Richard" que deve ser ouvida. Bom show pessoal!


Tracks:
1. Introduction by Alan Black/Memory Lain, Hugh Headloss (11:00) 
2. The Dog, the Dog, He's at It Again (6:36) 
3. Hoedown (3:54) 
4. Introduction (6:49) 
5. The Love in Your Eye (12:49) 
6. Mirror for the Day (4:29) 
7. Virgin on the Ridiculous (7:57) 
8. For Richard (14:18) 
9. A Hunting We Shall Go (10:23) 
Time: 78:17

Musicians:
- Richard Coughlan / drums 
- Jimmy Hastings / flute, alto saxophone 
- Pye Hastings / vocals, guitar 
- John G. Perry / bass, vocals 
- Morris Pert / percussion 
- Geoff Richardson / electric viola 
- David Sinclair / keyboards 

With:
- The New Symphonia: Vicky Brown, Tony Burrows, Helen Chappelle, Robert Lindop, Margot Newman, Danny Street, Liza Strike / backing vocals

Format: flac (tracks) = 469 mb
Format: mp3 (320 kbps) = 182 mb

Caravan - Caravan & The New Symphonia - The Complet Concert [1974 / 2001] - United Kingdom / Reino Unido


Caravan decidiu após o sucesso de seu álbum, "For Girls Who Grow Plump In The Night" gravar um concerto ao vivo que consistia de uma orquestra que foi usada em todo o álbum "For Girls ...". Se você tiver o álbum original, você vai ter o que passou a ser a metade do álbum. A nova versão remasterizada tem tudo o que aconteceu naquela noite em outubro de 1973. A banda entrou no palco e tocaram algumas poucas faixas do novo álbum menos a orquestra. Os teclados de Dave Sinclair brilham, intensamente na maioria das faixas, (pelo menos ele não se limitou a realizar um cópia exata do seu trabalho em estúdio). A bateria de Coughlin também se destaca tanto na parte pré-orquestra quanto na segunda metade com orquestra. Quando a orquestra sobe ao palco as coisas realmente começam a ferver. Desde o início, "The Love In Your Eye" é a beleza encarnada. As cordas combinam perfeitamente com canto delicado de Pye. E os metais! é o Céu na Terra. As duas canções seguintes foram escritas literalmente naquele dia, com as letras feitas apenas horas antes do show começar. Ambas as canções retornam aos seus primeiros dias da banda com "Virgin on the Ridiculous" abrigando mais poder instrumental, especialmente com as teclas lastreadas em fuzz poderosos de Sinclair. No entanto, é a enésima versão ao vivo de "For Richard" que deve ser o chamariz para se comprar o disco. E tem grande chance de ser a versão mais potente, com a ajuda da orquestra ao fundo. O volume e a potência ficam tão altos que até o final da música que vai faltar o ar ao esperar uma colisão estrondosa. É o que você quer de uma tal fusão de instrumentos e muito mais! O disco termina com um bis com a orquestra que quase não aconteceu, (normas sindicais). Mas "Hunting We shall Go" é outra faixa extra e vale a pena. Ah, e devo mencionar violino de Richardson. ele é sua arma secreta, sem dúvida. Vou terminar dizendo, um disco ao vivo maravilhosamente bem feito com uma versão de "For Richard" que deve ser ouvida. Bom show pessoal!


Tracks:
1. Introduction by Alan Black/Memory Lain, Hugh Headloss (11:00) 
2. The Dog, the Dog, He's at It Again (6:36) 
3. Hoedown (3:54) 
4. Introduction (6:49) 
5. The Love in Your Eye (12:49) 
6. Mirror for the Day (4:29) 
7. Virgin on the Ridiculous (7:57) 
8. For Richard (14:18) 
9. A Hunting We Shall Go (10:23) 
Time: 78:17

Musicians:
- Richard Coughlan / drums 
- Jimmy Hastings / flute, alto saxophone 
- Pye Hastings / vocals, guitar 
- John G. Perry / bass, vocals 
- Morris Pert / percussion 
- Geoff Richardson / electric viola 
- David Sinclair / keyboards 

With:
- The New Symphonia: Vicky Brown, Tony Burrows, Helen Chappelle, Robert Lindop, Margot Newman, Danny Street, Liza Strike / backing vocals

Format: flac (tracks) = 469 mb
Format: mp3 (320 kbps) = 182 mb

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Caravan - Live at Fairfield Halls, 1974 [2002] - United Kingdom / Reino Unido



Esse disco pode ser considerado provavelmente um dos grandes álbuns ao vivo da década de 1970. Ele contém 80 minutos de música muito bem distribuídas através de clássicos imortais da banda.

O disco revela o Caravan no auge absoluto de seus poderes. O concerto aparentemente apresenta a primeira aparição de Mike Wedgwood com Caravan. O baixo de Wedgwood tem um som agradável, seu toque é incrivelmente "apertado", e com o veterano Richard Coughlan ele faz um inferno de uma seção rítmica.

Embora o álbum não apresente o vaudeville "Golf Girl", e nem o mais conhecido épico da banda, "Nine Feet Underground", a maioria das outras faixas essenciais do Caravan estão aqui, e elas recebem performances de maior "calor". Como vocalista, Pye Hastings tem suas limitações (o seu canto não vai além Mezzoforte), mas o que uma série de melodias encantadoras que ele começa a cantar, e quão bem sua voz frágil lhes convém! "Virgin on the Ridiculous", "The Love in Your Eye" e, claro, a imortal "For Richard" todas "deliciosas".

Caravan é muitas vezes considerada a banda mais conservadora de Canterbury, porque as suas composições são mais simples e menos complexas do que as de Hatfield and the North ou Soft Machine. Você vai escuta-los desde a primeira vez, e eles nunca irritarão o seu ouvido. O concerto possui grande quantidade de solos e, embora muitos deles tenha uma estrutura semelhante (gradualmente vão ficando mais intensos), nenhum deles parecem não satisfazer. David Sinclair revela-se a ser um dos maiores organistas do progressivo e Pye Hastings faz um excelente trabalho na guitarra elétrica. Mas o verdadeiro herói do show é, sem dúvida, o violinista Geoffrey Richardson, que ressalta cada melodia cantada com os arranjos mais delicados, e que também acumula um clímax instrumental após o outro. Os tímbres quentes de Richardson são adoráveis e pode-se dizer que ele é um dos maiores trunfos da banda. 

Enfim, um disco altamente recomendado!!!!


Tracks:
1. Memory Lain, Hugh / Headloss (9:27)
2. Virgin On The Ridiculous (7:14)
3. Be Alright / Chance Of A Lifetime (6:37)
4. The Love In Your Eye (15:23)
5. L'Auberge Du Sanglier / A Hunting We Shall Go / Pengola / Backwards / A Hunting We Shall Go (Reprise) (9:49)
6. The Dog The Dog He's At It Again (6:23)
7. For Richard (19:01)
8. Hoedown (5:58)

Musicians:
- David Sinclair / keyboards
- Geoffrey Richardson / viola
- Mike Wedgwood / bass
- Pye Hastings / guitar, vocals
- Richard Coughlan / drums

Format: flac (image) = 523 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 206 mb =  Mega

Caravan - Live at Fairfield Halls, 1974 [2002] - United Kingdom / Reino Unido

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Caravan - If I could do it all over again, I'd do it all over you [1970] [REMASTERED WITH BONUS TRACKS] - United Kingdom / Reino Unido


Caravan foi uma das bandas mais significativas do Canterbury, e por sua vez, este álbum pode ser considerado o mais significativo da banda, embora muitos ainda prefiram o que viria depois "In The Land Of Grey And Pink".  Aqui são notadas ótimas passagens de Hammond por Dave Sinclair, memoráveis linhas de baixo estruturais por seu irmão Richard Sinclair e apesar do guitarrista Pie Hastings ser um dos principais compositores sua excelente voz aparece mais que sua guitarra. O álbum é cheio de improvisações, contendo também um pouco de pop inglês da época, característico do Caravan, bem como o humor em suas músicas. Os destaques deste álbum são "And I Wish I Were Stoned/Don't Worry" que é quase uma balada, mas muito sólida é interessante, "With An Ear To The Ground You Can Make It" com um incrível solo de hammond é uma música completa, e por fim o clássico "For Richard" mostrando o tanto o lado progressivo como fusion com seus aproximadamente 15 minutos. Um perfeito exemplo de Canterbury, album indespensável.

Release / Label:
Decca ‎– UICY-9065 - Japan, 2001


Track Listing:
1. If I could do it all over again, I'd do it all over you (3:07)
2. And I wish I were stoned - Don't worry (8:21)
3. As I feel I die (5:17)
4. With an ear to the ground you can make it / Martinian / Only cox / Reprise (9:56)
5. Hello Hello (3:46)
6. Asforteri 25 (1:21)
7. Can't be long now / Françoise / For Richard / Warlock (14:18)
8. Limits (1:34)
Bonus tracks:
9. A Day In The Life Of Maurice Haylett (5:40)
10. Why? (And I Wish I Were Stoned) (4:22)
11. Clipping The 8th (Hello Hello) (3:13)
12. As I Feel I Die (4:39)

Line-up:
- Bass Guitar, Tambourine, Performer [Hedge Clippers] - Richard Sinclair
- Drums, Congas, Bongos, Maracas, Cymbal [Finger] - Richard Coughlan
- Electric Guitar [6 & 12 String], Acoustic Guitar [6 String], Claves, Percussion [Worn Leather Strap, Ashtrays], Voice [Impersonation Of A Friendly Gorilla] - Pye Hastings
Organ, Piano, Harpsichord - David Sinclair
- Saxophone, Flute - Jimmy Hastings

Format: flac (image + cue) = 385 mb = Torrent
Format: flac (cue + log) = 385 mb = Depositfiles / pass = progsounds

Caravan - If I could do it all over again, I'd do it all over you [1970] [REMASTERED WITH BONUS TRACKS] - United Kingdom / Reino Unido


Caravan foi uma das bandas mais significativas do Canterbury, e por sua vez, este álbum pode ser considerado o mais significativo da banda, embora muitos ainda prefiram o que viria depois "In The Land Of Grey And Pink".  Aqui são notadas ótimas passagens de Hammond por Dave Sinclair, memoráveis linhas de baixo estruturais por seu irmão Richard Sinclair e apesar do guitarrista Pie Hastings ser um dos principais compositores sua excelente voz aparece mais que sua guitarra. O álbum é cheio de improvisações, contendo também um pouco de pop inglês da época, característico do Caravan, bem como o humor em suas músicas. Os destaques deste álbum são "And I Wish I Were Stoned/Don't Worry" que é quase uma balada, mas muito sólida é interessante, "With An Ear To The Ground You Can Make It" com um incrível solo de hammond é uma música completa, e por fim o clássico "For Richard" mostrando o tanto o lado progressivo como fusion com seus aproximadamente 15 minutos. Um perfeito exemplo de Canterbury, album indespensável.

Release / Label:
Decca ‎– UICY-9065 - Japan, 2001


Track Listing:
1. If I could do it all over again, I'd do it all over you (3:07)
2. And I wish I were stoned - Don't worry (8:21)
3. As I feel I die (5:17)
4. With an ear to the ground you can make it / Martinian / Only cox / Reprise (9:56)
5. Hello Hello (3:46)
6. Asforteri 25 (1:21)
7. Can't be long now / Françoise / For Richard / Warlock (14:18)
8. Limits (1:34)
Bonus tracks:
9. A Day In The Life Of Maurice Haylett (5:40)
10. Why? (And I Wish I Were Stoned) (4:22)
11. Clipping The 8th (Hello Hello) (3:13)
12. As I Feel I Die (4:39)

Line-up:
- Bass Guitar, Tambourine, Performer [Hedge Clippers] - Richard Sinclair
- Drums, Congas, Bongos, Maracas, Cymbal [Finger] - Richard Coughlan
- Electric Guitar [6 & 12 String], Acoustic Guitar [6 String], Claves, Percussion [Worn Leather Strap, Ashtrays], Voice [Impersonation Of A Friendly Gorilla] - Pye Hastings
Organ, Piano, Harpsichord - David Sinclair
- Saxophone, Flute - Jimmy Hastings

Format: flac (image + cue) = 385 mb = Torrent
Format: flac (cue + log) = 385 mb = Depositfiles / pass = progsounds

Pesquisar este blog

WORLD