terça-feira, 16 de setembro de 2014

Troya - Point Of Eruption [1976] - Germany / Alemanha



TROYA é uma banda alemã bastante obscura de Krautrock Sinfônico formada em 1972, ainda usando o nome de DRASTIC, em Werne an der Lippe, por Elmar Wegmann, Klaus Pannewig e Wilhelm Weischer.

Após mudar o nome para TROYA, adotaram uma linha psicodélica sinfônica baseada principalmente na guitarra elétrica, mellotron e vocais.  

Lançaram seu único álbum, por meios próprios, com cópias limitadas. A música é encantadora e melancólica com passagens instrumentais longas, principalmente guitarra e órgão. 

Este álbum curioso começa com uma bela visão hippie de "She", com maravilhosos teclados abundantes e bateria em um arranjo sinfônico. Mais tarde os vocais criam um som associado ao STREETMARK mais primitivo, enriquecido com alguns tons de guitarra psych bem familiares de outras bandas do continente europeu na época. 

"Battle Rock" tem um clima bastante nervoso e agitado no início culminando em um hino Folk pacifista, algumas passagens e riffs mais pesados ou outro suaves lembram um temperamental PINK FLOYD procurando seu novo som após a partida de Syd ou também uma encarnação menos experimental do início do MYTHOS.

"Chromatik" possui um "mar de euforia" de teclados onde a guitarra sintetizada navega de maneira sublime, é prova de que uma canção pode ser construída a partir de uma pequena quantidade de idéias.

"Festival" começa com danças de sabre, e evolui como uma alegria deliciosa de pessoas se divertindo em caminhos antigos. 

"Sinclair", é uma melodia triste e melosa dominada pelo tema dos sintetizadores logo após aparece a guitarra. O baixo sinaliza o ritmo e o tema muda para as direções mais Jazzy, mais a frente o tema inicial se repete. 

A última faixa, "Choke" tem passagens rítmicas curiosamente desajeitadas e soa bastante engraçada, o progresso com guitarras e teclados é muito bom, a última seqüência remonta ao tema do teclado dramático, de onde resto da banda acompanha para realizar a coda. Para mim, a melhor faixa do disco.

TROYA tinha muito potencial e talento, mas não registrou o disco na melhor das condições. É uma pena que a banda lançou apenas esse álbum. Muito recomendado para ouvintes de Krautrock, Space Rock, Symphonic Prog e  em especial amantes de PINK FLOYD e ELOY.  A banda se desfez durante o final da década de 1970.

Não é nenhuma obra prima, porém a boa vontade dos músicos e seu profissionalismo superam a má qualidade técnica do disco. Portanto, você deve ter esse disco se é fã de gravações de Rock Progressivo europeu obscuro.



Tracks:
1. She (5:46)
2. Battle Rock (7:58)
3. Chromatik (4:06)
4. Festival (3:48)
5. Sinclair (4:58)
6. Choke (5:58)
Time: 31:14

Musicians:
- Elmar Wegmann / guitar, flute, vocals
- Klaus Pannewig / drums, glocken, vocals
- Wilhelm Weischer / bass
- Peter Savelsberg / organ, mellotron, and e-piano

Format: flac (tracks + cue) = 174 MB = Filefactory

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog

WORLD