Expandir Player
Mostrando postagens com marcador king crimson. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador king crimson. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 30 de maio de 2014

King Crimson - In the Court of the Crimson King [1969] [REMASTERED WITH BONUS TRACKS] - United Kingdom / Reino Unido


Deus ouviu "In The Court Of The Crimson King" e viu que era bom. Deus dividiu então o Rock progressivo do resto da música.

Difícil encontrar outras palavras para descrever o primeiro álbum 100% Rock progressivo e aquele que definiu o gênero, álbum perfeito do início ao fim, vai de frenético a sinfônica em questão de segundos.

"21st Century Schizoid Man" é uma canção absolutamente frenética, parece caótica, mas ele é perfeito, a banda expressa uma sensação de frustração e raiva que é transmitida para o ouvinte, tem mudanças bruscas, instrumentação complexa e som inovador, apenas o que Rock progressivo significa, brilhante.

"I Talk To The Wind" é precisamente o outro lado da moeda, começa com uma flauta suave de Ian Mc Donald e logo se derrete com a bela voz de Greg Lake, parece, só uma balada suave e simples, mas é mais que isso, principalmente por causa da a maneira como eles se combinam os instrumentos, de forma que apenas alguns virtuosos músicos de jazz fizeram antes.

"Epitaph" é uma canção mais escura com letras muito obscuros e pessimistas, a voz de Lake adapta-se perfeitamente a guitarra de Fripp e mellotron melancólico, um estilo muito agradável que seria desenvolvido mais tarde pelo GENESIS de Gabriel. Algumas pessoas acreditam que é uma balada triste, mas realmente é uma faixa muito complexa que combina diferentes ritmos e tempos, também deve dizer que a percussão é brilhante.

"Moonchild" é o mais orientada ao Jazz, apesar que mantém a estrutura Sinfônica, começa calma e suave, com um ritmo muito definido e um uma obra única de guitarra, na primeira audição, você pode ter a impressão de que estamos diante de outra música na veia de "I Talk To The Wind", mas em torno dos 3 minutos o Fusion começa, nada tão complexo e com falta de estrutura lógica tinha sido feito antes, quase como se a banda estivesse em uma jam session McDonald e Fripp são excelentes nesta canção.

"In The Court Of The Crimson King" é uma obra-prima absoluta, a letra é incrivelmente descritiva e combinam perfeitamente com a música criando a atmosfera medieval, essa música tem tudo, beleza, ritmo, complexidade e muita imaginação, as palavras não são capazes de descrevê-lo, o mais perto perfeito para um álbum perfeito.

A grande conquista do KING CRIMSON é que em seu disco de estréia eles conseguiram criar um álbum que tem 5 músicas absolutamente diferentes que mostram cinco aspectos diferentes do rock progressivo: agressão, calma, escuridão, fusão e quanto mais próximo que combina todos esses aspectos e mais em uma faixa de 9:22 minutos.

Muitas bandas lançaram álbuns progressivos ou semi-progressivos antes, alguns deles são excelentes, mas nenhum outro trabalho pode definir o gênero e definir o status tão elevado "In The Court Of The King Crimson", o caminho estava pronto para outras bandas seguirem.


Tracks:
1. 21st Century Schizoid Man (7:20) including
- a. Mirrors
2. I Talk To The Wind (6:05)
3. Epitaph (8:47) including
- a. March For No Reason
- b. Tomorrow And Tomorrow
4. Moonchild (12:11) including
- a. The Dream
- b. The Illusion
5. The Court Of The Crimson King (9:22) including
- a. The Return Of The Fire Witch
- b. The Dance Of The Puppets
Bonus Tracks:
6. Moonchild (Full Version) - 12:16
7. I Talk To The Wind (Duo Version) - 4:56
8. I Talk To The Wind (Alternate Mix) - 6:37
9. Epitaph (Backing Track) - 9:06
10. Wind Session - 4:31
Total Time: 78:00

Note: Tracks 1-5 *** 2009 Stereo Mix

Musicians:
- Robert Fripp / guitar
- Greg Lake / bass guitar, lead vocals
- Ian McDonald / reeds, woodwind, vibes, keyboards, mellotron, vocals
- Michael Giles / drums, percussion, vocals
- Peter Sinfield / words and illumination 

Format: mp3 (320 kbps) = 213 mb = Mega

King Crimson - Lizard [1970] [40TH ANNIVERSARY EDITION] - United Kingdom / Reino Unido


Em 1970, KING CRIMSON era uma banda instável, que surpreendentemente conseguiu produzir excelentes álbuns, marcos do rock progressivo. Neste momento, a maior parte da banda original tinha partido, com exceção do líder da banda, Robert Fripp e o letrista Peter Sinfield. Felizmente, eles trazem muitos músicos talentosos para completar a banda. Essa formação durou apenas para a gravação de "Lizard" e nunca mais retornaram. Gordon Haskell é trazido como o vocalista/baixista para substituir Greg Lake, e faz um trabalho admirável. Seus roucos vocais melancólicos couberam no material criado perfeitamente. Andy McCulloch é competente como baterista, e sua presença é sentida, dando ritmo para os interlúdios de Jazz, muitas vezes caóticos. A adição de instrumentos de sopro de madeira e metais deram ao KC um som muito mais rico, jazzier. Ricas intervenções de  do Jazz com Keith Tippet são um plus.. O material encontrado aqui também tem uma vantagem muito mais Jazz do que seus dois antecessores, e também é muito mais sombrio e complexo. Um indício de trabalho Jazz-Fusion sem querer indicar que se inspiram nsos trabalhos de SOFT MACHINE; "Lizard" é muito mais composto, e ainda está muito no campo Progressive Rock, com guitarras proeminentes e letras progressistas "épicas" estereotipadas. Tem-se a sensação de Robert Fripp e Sinfield cuidadosamente orquestrem este álbum todo, e cria com êxito uma determinada (mente decrépita) tema que aparece por toda parte.

O disco abre fortemente com "Cirkus", uma trilha assustadora com esilo Crimson no seu mais insano. Esta, apresenta a excelente guitarra acústica de Fripp, assim como os vocais dramáticos por Haskell subestimado, e horns maravilhosamente dispostos e floreios de teclado. Ele alterna perfeitamente entre os segmentos vocais suaves e jazz cacofônico utilizando sabor com pontes instrumentais, criando uma atmosfera de circo de verdade, com um toque sinistro. Esta é uma faixa de início da banda quase perfeita, e mostra o quão assustador esses caras poderiam ser. 

A próxima peça "Indoor Games" ilumina-se um pouco, com uma maravilhosa introdução jazz de seção de metais. Vocals distintivos de Haskell da à música o seu toque KC. Em geral, é muito bom, mas não tão interessante quanto as outras faixas encontradas aqui, e segue uma abordagem mais straight-jazz, com ocasionais pausas e intervenções da guitarra de Fripp.

"Happy Family" retoma a sensação escura de "Cirkus", com vocais fantasmagóricos distorcidas e muito mais guitarra e teclados do que nas faixas anteriores. Ele também tem grandes toques de flauta.

"Lady of the Dancing Water", representa a peça acústica obrigatória, a luz em um álbum sombrio de KING CRIMSON, e é muito na veia de "Cadence e Cascade" e "I Talk To The Wind". É muito agradável e possui uma luz, proporcionando uma breve pausa na loucura que a rodeia, mas por neste ponto, a fórmula estava ficando velha para esse tipo de música. 

A épica longa faixa, "Lizard" - a faixa-título - é uma suíte de 23 minutos, com quatro movimentos distintos. Esta peça é uma das músicas mais ambiciosas já tentadas por Fripp e Compania. Ela abre com "Prince Rupert Awakes" Surpreendentemente, Jon Anderson do YES canta os vocais nesta peça, como Gordon Haskell nunca faria. Este é um excelente toque. Luz, vocais etéreos de Anderson dão à música um prog folclórico tradicional um impulso definitivo. Essa música tem belas melodias, e é bom ouvir Anderson cantar letras semi-coerentes, como se opondo ao seu trabalho no YES. As próximas duas seções, "Bolero" e "The Battle" ... são peças de jazz e apresentam impressionante participações de todos os membros. A Bateria de McCulloch é especialmente boa, dando faixa... uma sensação bélica. O naipe de metais também é excelente. Estas peças são bem feitas, mas um pouco arrastada e cansativa. "Lizard" fecha com "Big Top", uma pequena reprise de "Cirkus", dando ao álbum uma sensação cíclica.

Muitos fãs e próprio Robert Fripp não gostam deste álbum, e não é fácil de definir. "Lizard" é o aldo mais escuro do KC, e um álbum menos acessível. É também o mais distante da Rock tradicional. É uma progressão ao longo do seu último álbum, "In The Wake Of Poseidon" (1970), e é uma pena que esta formação potente não durou muito. 

Nesta versão apresentam bônus - comemorando os 40 anos do disco - para os fâs mais ardorosos.


Tracks:
1. Cirkus(including Entry Of The Chameleons) (6:28) 
2. Indoor Games (5:41) 
3. Happy Family (4:16) 
4. Lady Of The Dancing Water (2:44) 
5. Lizard: 
- a. Prince Rupert Awakes (4:36) 
- b. Bolero - The Peacock's Tale (6:39) 
- c. The Battle Of The Glass Tears (10:58) 
- i) Dawn Song 
- ii) Last Skirmish 
- iii) Prince Rupert's Lament 
- d. Big Top (1:13)
Bonus Tracks:
6. Lady Of The Dancing Water (Alternate Take) - 2:50
7. Bolero (From Frame By Frame) - 6:48
8. Cirkus (Studio Run Through With Guide Vocal From Original Sessions) - 6:31
Total Time: 59:08

Musicians:
- Robert Fripp / guitar, mellotron, electric keyboards & devices
- Mel Collins / flute & saxes
- Gordon Haskell / bass guitar & vocals
- Andy McCulloch / drums
- Peter Sinfield / words & pictures
+
- Robin Miller / oboe & cor anglais
- Mark Charig / cornet
- Nick Evans / trombone
- Keith Tippet / piano & electric piano
- Jon Anderson of YES / vocals on "Prince Rupert Awakes"

Format: mp3 (320 kbps) = 188 mb = Mega

quinta-feira, 29 de maio de 2014

King Crimson - Red [40TH ANNIVERSARY EDITION - 2 DISCS] - United Kingdom / Reino Unido


Uma versão para os amantes do KC, com direito a muitos bônus interessantes como a versão ao vivo de "Starless". Esse disco é considerado por muitos uns dos 3 melhores da banda, junto com "Lark's Tongues..." e o primeirão "In The Court...". Nada melhor do que tê-lo numa versão especial em 2 discos, com qualidade excepcional. Enjoy it !!!

Released / Label:
 DGM2012 - USA, 2013

Tracks:
Disc 1
01. Red - 6:17
02. Fallen Angel - 6:03
03. One More Red Nightmare - 7:10
04. Providence - 8:11
05. Starless - 12:26
Bonus Tracks:
06. Providence (Full Version, Taken From 'The Great Deceiver') - 10:12
07. Starless (Live From Asbury Park) - 12:34
Total Time: 62:54

Disc 2
01. Red - 6:17
02. Fallen Angel - 6:14
03. One More Red Nightmare - 7:11
04. Providence - 8:11
05. Starless - 12:28
Bonus Tracks:
06. Red Trio Version - 6:27
07. Fallen Angel Trio Version (Instrumental) - 6:22
Total Time: 53:11

Note: tracks 01/05 - 2013 Stereo Mix

Musicians:
Robert Fripp – guitar, mellotron
John Wetton – bass guitar, vocals
William Bruford – percussion
David Cross – violin
Mel Collins – soprano saxophone
Ian McDonald – alto saxophone
Robin Miller – oboe
Mark Charig – cornet

Format: mp3 (320 kbps) = 352 mb = Yandex

King Crimson - In The Court Of The Crimson King [1969] [5CD+DVD BoxSet, 2009 40th Anniversary Series] - United Kingdom / Reino Unido


Disc1
2009 Stereo Mix
1. 21st Century Schizoid Man - 7:24
2. I Talk To The Wind - 6:00
3. Epitaph - 8:53
4. Moonchild - 9:02
5. The Court Of The Crimson King - 9:31
Bonus Tracks:
6. Moonchild (Full Version) - 12:16
7. I Talk To The Wind (Duo Version) - 4:56
8. I Talk To The Wind (Alternate Mix) - 6:37
9. Epitaph (Backing Track) - 9:06
10. Wind Session - 4:31

Disc2
Original Master Edition 2004
1. 21st Century Schizoid Man - 7:24
2. I Talk to the Wind - 6:04
3. Epitaph - 8:49
4. Moonchild - 12:13
5. The Court of the Crimson King - 9:26
Bonus Tracks:
6. 21st Century Schizoid Man (instrumental) - 6:47
7. I Talk to the Wind (BBC session) - 4:40
8. 21st Century Schizoid Man (BBC session) - 7:11
9. The Court of the Crimson King Part 1 (mono single version) - 3:22
10. The Court of the Crimson King Part 2 (mono single version) - 4:31

Disc3 
The Alternative Album
1. 21st Century Schizoid Man (instrumental) - 7:08
2. I Talk to the Wind (studio run through) - 4:21
3. Epitaph (alternate version) - 9:27
4. Moonchild (take 1) - 2:21
5. The Court of the Crimson King (take 3) - 7:15
Bonus Tracks:
6. 21st Century Schizoid Man (original pink label) - 7:21
7. I Talk to the Wind (original pink label) - 6:03
8. Epitaph (original pink label) - 8:56
9. Moonchild (original pink label) - 12:12
10. The Court of the Crimson King (original pink label) - 9:22

Disc4
Live 1969  
Restored bootleg, recorded live at Hyde Park, London, July 5th 1969
1. 21st Century Schizoid Man - 6:36
2. The Court Of The Crimson King - 6:31
3. Get Thy Bearings - 9:41
4. Epitaph - 4:29
5. Mantra - 3:05
6. Travel Weary Capricorn - 5:38
7. Mars - 3:30
Restored bootleg, recorded live at Fillmore East, New York, November 1969
8. The Court Of The Crimson King - 7:52
9. A Man A City - 12:19
10. Epitaph - 8:32
11. 21st Century Schizoid Man - 7:57

Disc5
The original Atlantic Records issued vinyl US radio promos
1. 21st Century Schizoid Man (mono album mix - US promo) - 7:22
2. I Talk to the Wind (mono album mix - US promo) - 6:04
3. Epitaph (mono album mix - US promo) - 8:52
4. Moonchild (mono album mix - US promo) - 12:13
5. The Court of the Crimson King (mono album mix - US promo) - 9:27
6. The Court of the Crimson King (edited mono single mix) - 2:20

DVD Audio
Original Album 
MLP Lossless 5.1 Surround
DTS 5.1 Digital Surround
1. 21st Century Schizoid Man
2. I Talk To The Wind
3. Epitaph
4. Moonchild
5. The Court Of The Crimson King
MLP Lossless Stereo (24/96)
PCM Stereo 2.0 (24/48)
2009 Stereo Mix
1. 21st Century Schizoid Man
2. I Talk To The Wind
3. Epitaph
4. Moonchild
5. The Court Of The Crimson King
Original Master Edition 2004
1. 21st Century Schizoid Man
2. I Talk To The Wind
3. Epitaph
4. Moonchild
5. The Court Of The Crimson King
Additional Audio Content
1. Moonchild (Full Version)
2. I Talk To The Wind (Duo Version)
3. I Talk To The Wind (Alternate Mix)
4. Epitaph (Backing Track)
5. Wind Session
The Alternate Album
1. 21st Century Schizoid Man (Instrumental)
2. I Talk To The Wind (Studio Run Through)
3. Epitaph (Alternate Version)
4. Moonchild (Take 1)
5. The Court Of The Crimson King (Take 3)

DVD Video
* Audio mono
1. 21st Century Schizoid Man - Edit

Format: flac (image + cue) = 1.93 gb
Format: mp3 (320 kbps) = 796 mb
Format: DVD A/V (iso image #) = 7.34 gb 

# All Regions | NTSC 16:9 | MLP Lossless 5.1/2.0, LPCM, 2 ch, DTS, 6 ch 

Torrent = Audio
Torrent = DVD

terça-feira, 27 de maio de 2014

King Crimson - Red [1974] [REMASTERED 40TH ANNIVERSARY EDITION WITH BONUS TRACKS] - United Kingdom / Reino Unido

Release / Label:
Discipline Global Mobile ‎– KCSP7, 
Panegyric ‎– KCSP7 - UK, 2009

Tracks:
1. Red (6:20) 
2. Fallen Angel (6:00) 
3. One More Red Nightmare (7:04) 
4. Providence (8:08) 
5. Starless (12:18)
Bonus Tracks: 
6. Red (Trio Version) - 6:27
7. Fallen Angel (Instrumental Trio Version) - 6:26
8. Providence (Full Version) - 10:09
Total Time: 62:12

Musicians:
- Bill Bruford / drums, percussion 
- Robert Fripp / guitars, mellotron, devices 
- John Wetton / bass, vocals 
+
- David Cross / violin 
- Mark Charig / cornet 
- Mel Collins / soprano saxophone 
- Ian McDonald / alto saxophone 
- Robin Miller / oboe

Format: mp3 (320 kbps) = 232 mb = Yandex

Pesquisar este blog

WORLD