Expandir Player
Mostrando postagens com marcador garybaldi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador garybaldi. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Garybaldi - Nuda [1972] - Italy / Itália

Biografia



Garybaldi foi um grupo musical genovês dos anos 1970 de gênero Rock e Blues com elementos de Rock Progressivo. O líder do grupo, além de cantor e guitarrista, era Bambi Fossati.

A primeira encarnação do Garybaldi se chamava Gleemen (ou I Gleemen). Na época da formação do grupo em 1968, além de Fossati eram constituídos também por Maurizio Cassinelli (bateria e voz), Lio Marchi (teclado) e Angelo Traverso (baixo). Tiveram um discreto sucesso com seu primeiro single, uma cover da música "Lady Madonna" dos Beatles no lado "A" e uma música original, "Tutto risplende in te", no lado "B". Em seguida, deram vida a um intensa atividade concertística parelela ao lançamento do álbum homônimo em 1970.

Em 1971, i Gleemen mudam de nome passando a se intitularem I Garybaldi. No primeiro single sob a nova denominação, "Marta Helmuth", se lê "desde hoje não nos chamamos mais I Gleemen, somos i Garybaldi."

Ao single "Marta Helmuth/Corri corri corri" seguiu a publicação do primeiro álbum do grupo, intitulado "Nuda", de clara inspiração hendrixiana mas com evidentes influxos progressivos, em particular, na música "Moretto da Brescia". A capa foi realizada por Guido Crepax.

I Garybaldi foi um dos grupos de pico da primeira fase do progressivo italiano, na época dos festivais. Tocaram também como banda de abertura de concertos de grupos já conhecidos no exterior como Bee Gees, Santana, Uriah Heep e Van der Graaf Generator. A fama, porém, chegou também a outros países, sobretudo na Alemanha, Suiça e Japão.

Em 1973, Marchi e Traverso abandonaram a banda. Ao baixo entrou Sandro Serra. Com essa nova formação o grupo criou o segundo álbum, "Astrolabio"

Nuda [1972]


Como seria a música de Jimi Hendrix se ele fosse italiano? A pesada influência de BAND OF GYPSIES na música de Garybaldi parece ser exatamente isso e esse bom guitarrista, "Bambi" Fossati dá uma bela resposta. 

Uma guitarra wha-wha introduz a linha de "Maja Desnuda" (também o nome de uma obra de Goya) e vai na linha de Hendrix como em "Manic Depression". A presença de um solo de hammond enriquece bastante e os solos e riffs de Fossati são incríveis.

Em "Decomposizione, Preludio E Pace" a guitarra é altamente torturada, psicodelismo puro.

Alguns momentos são de grande paz como na faixa "Febbraio 1700", onde as mãos de Bambi deslizam suavemente pelo braço da guitarra, acariciando o instrumento. 

"L' Ultima Graziosa" é uma faixa bem criativa e agitada, bem nos moldes do final dos anos 60. 

A suíte "Moretto da Brescia": parte a) "Goffredo" e parte c) "Dolce Come Sei Tu" têm um distinto toque italiano com melodias sutis, piano, órgão e guitarras bem trabalhadas que a aproxima um pouco do Progressivo Psicodélico/Sinfônico.

Esta disco pode padecer de criatividade, não é exatamente Progressivo (se em algum momento pode ser considerado) mas a música que fazem é tocante, de muita competência e é difícil ficar parado.


Tracks:
1. Maya Desnuda (6:08)
2. Decomposizione, Preludio E Pace (1:55)
3. 26 Febbraio 1700 (7:20)
4. L'Ultima Graziosa (5:22)
5. Moretto Da Brescia:
- a. Goffredo (6:15)
- b. Il Giardino Del Re (9:16)
- c. Dolce Come Sei Tu (5:19)
Total Time: 41:35

Musicians:
- Bambi Fossatti / guitars, vocals
- Angelo Traverso / bass
- Maurizio Cassinelli / drums, vocals
- Lio Marchi / keyboards

Format: mp3 (320 kbps) = 120 mb = Mega
Format: .wv (wav pack) = 433 mb  = Torrent

Pesquisar este blog

WORLD