Expandir Player
Mostrando postagens com marcador beggars opera. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador beggars opera. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Beggars Opera - Pathfinder [1972] - United Kingdom / Reino Unido

Release / Label: 
Repertoire Records ‎– REPUK 1066 - UK, 2005

Tracks:
1. Hobo (4:40) 
2. MacArthur Park (8:20) 
3. The Witch (5:26) 
4. Pathfinder (3:44) 
5. From Shark to Haggis (6:38) 
6. Stretcher (4:50) 
7. Madame Doubtfire (4:15)
Total Time: 37:53

Musicians:
- Martin Griffiths / lead vocals 
- Alan Park / keyboards 
- Ricky Gardiner / lead guitar and vocals 
- Gordon Sellar / acoustic guitar & bass guitar and vocal 
- Ray Wilson / drums

Format: flac (cue + log) = 333 mb = Unibytes
Format: flac (image) = 285 mb = Mega / pass = makina
Format: mp3 (320 kbps) = 90 mb = Narod
Format: flac (image + cue) = 318 mb = Torrent

Beggars Opera - Waters Of Change [1971] - United Kingdom / Reino Unido

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Beggars Opera - Act One [REMASTERED WITH BONUS TRACKS] [1970] - United Kingdom / Reino Unido


Um dos melhores e obscuros grupos da Escócia, seu nome deriva de uma novela de 1728 do poeta John Gray. Formada por Martin Griffiths (vocais), Rick Gardiner (guitarra ,vocais), Alan Park (keyboards), Gordon Sellar (bass, acoustic guitar and vocals), Virginia Scott (Mellotron and vocals) and Raymond Wilson (drums and percussion). Seu album de estréia ”Act one” foi lançado em 1970 pelo selo Vertigo. 

O álbum abre com “Poet And Pesant” com teclado percussivo e muito embalo. Uma espécie de trilha sonora de filme mudo de aventura. Impossível não se render. O vocal de Martin Griffiths é muito bom, um timbre muito legal, um tanto grave. O som ora psicodélico, ora virtuoso, ora melódico, é bastante incomum e interessante. O órgão de Alan Park é outro achado. Sempre muito bem tocado e totalmente essencial, um belo diferencial.

“Passacaglia” é um tanto clássico de início, meio medieval. Os efeitos de voz junto com a melodia da guitarra ficaram perfeitos. Uma das melodias mais legais que ouvi! No meio, um pequeno e bem tocado solo de baixo. Na sequência, uma bela passagem instrumental de guitarra e uma certa pressa dos caras, quase uma música atrasada. Se na faixa de abertura quem dava as cartas era o órgão, aqui quem manda é a guitarra de Ricky Gardiner. Depois da loucura toda, voltamos ao sensacional tema da música. No fim o teclado volta a comandar. Igreja total!!

A mais curta do disco vem a seguir. “Memory”  nem um pouco me lembra o que deveria ser a canção comercial do disco, aquela que deveria ser tocada na rádio. O que temos aqui é um instrumental apurado, melodias rebuscadas, wha no órgão, passagens de vocal e pausas sensacionais. Eu diria um clássico se fosse descoberto. Uma guitarra quase acústica e um baixo maravilhosamente bem tocado por Marshal Erksine. É tolice falar mais uma vez de Alan Park.

“Raymond’s Road” começa totalmente louca. Instrumental tipo trem passando sem ver pra onde vai com urgência de chegar ao destino. É um esplendido tributo aos clássicos contendo referências à Mozart (a la turka), Bach (Toccata in d-fuga) e Grieg’s Peer Gynt (Suite on the Hammond organ).

A bateria marcial de Raymond Wilson trabalhando perfeitamente ao lado do baixo e a guitarra sempre aparecendo sem dúvida do que deve ser feito, formam uma bela coletânea de psicodelia sem limites (a não ser os quase 12 minutos ao qual foi destinada).

"Act One" encerra-se com “Light Cavalry”. Essa é meio Cavalaria mesmo (como o nome diz). Mais uma vez, com uma série de melodias conhecidíssimas de todos. Tem uma série de bateria bem poderosa e uma melodia vocal excelente! Muito empolgante com variações climáticas até o final. Aliás, como em praticamente todo o disco.

Esse disco é um álbum quase-psicodélico-progressivo. O timbre dominante do órgão faz com que isso se torne ainda mais claro, mas não deixa de ser uma boa audição!

A versão remasterizada aqui apresentada ainda tem de bônus a maravilhosa "Sarabande", cujo refrão é hipnotizante, mais "Think" tão boa quanto.

Resenha by
Consultoria do Rock

Release / Label:
Repertoire Records ‎– REP 7041-WP - europe, 1997
Repertoire Records ‎– REPUK 1036 - Europe, 2004


Tracks:
1. Poet and Pesant* (7:10)
2. Passacaglia (7:04)
3. Memory (3:57) 
4. Raymond's road *(11:49) 
5. Light Cavalry *(11:57)
Bonus tracks:
6. Sarabande (3:32) 
7. Think (4:25)
Total Time: 49:14

Musicians:
- Martin Griffiths / vocals 
- Alan Park / organ 
- Raymond Wilson / drums 
- Ricky Gardiner / lead guitar 
- Marshal Erksine / bass guitar 

Format: mp3 (320 kbps) = 101 mb = Narod
Format: flac (image + cue) = 340 mb = Torrent
Format: .wv (image) = 312 mb = Mega / pass = makina

Pesquisar este blog

WORLD