quarta-feira, 21 de agosto de 2019

SEBASTIAN HARDIE • Four Moments [1975] • Australia


SEBASTIAN HARDIE é um daqueles grupos Prog pouco conhecidos dos anos 70. A primeira fase da banda começa em sua criação no ano de 1967 pelo baixista Peter Plavsic e pelo guitarrista Graham Ford, sob o nome de SEBASTIAN HARDIE BLUES BAND. Esta encarnação não durou muito tempo. Em 1968, Plavsic e Ford tentaram novamente, com o baterista Alex Plavsic (irmão de Peter), o tecladista Anotol Kononowsk e o vocalista Joe English. Desta vez a "banda de Blues" foi deixada de fora no nome. Tiveram muito sucesso como banda de Rock, e até se tornaram a banda de apoio da lenda australiana Johnny O'keefe. Anotol partiu no ano seguinte para seguir sua educação, e a banda continuou sem um substituto.

Em 1972, Jon saiu para interpretar Judas em "Jesus Christ Superstar", o que levou a uma carreira solo de sucesso. Alex também saiu para se juntar à banda TAPESTRY. Este empreendimento não duraria até o final do ano. Alex trouxe Steve Dunne, tecladista da TAPESTRY, para outra reforma de SEBASTIAN HARDIE(incluindo Peter e Graham). Desta vez eles começaram a se envolver em alguma experimentação progressiva, enquanto permaneceram basicamente como banda cover.

As coisas realmente começaram a tomar forma nos dois anos seguintes, quando Mario Millo substituiu a Ford e Toivo Pilt substituiu Dunne. Esta encarnação focalizou uma direção musical original e se tornaria a primeira "sensação" progressivo-sinfônica da Austrália.

"Four Moments" de 1975 foi um enorme sucesso, e a faixa "Rosanna" ganhou um prêmio de melhor single instrumental.  O disco é um belíssimo trabalho. Em linhas gerais um Progressivo Sinfônico, bastante melódico, onde alguns temas são retomados de modo sutil. Esta é a razão do título pois, "Glories Shall Be Released", "Dawn of Our Sun", "Journey Through Our Dreams" e "Everything Is Real" compõem e formam os quatro momentos.


Predomina o instrumental mas os segmentos cantados são muito agradáveis de se ouvir. Com instrumentação clássica, bastante equilíbrio entre os solos de guitarras e teclados, além de timbragems características do gênero, "Four Moments", revela-se um trabalho tecnicamente muito homogêneo. Predominam temas lentos, mas não só. "Rosana" e "Openings" fecham o disco com muita influencia do FOCUS, principalmente em "Openings". A influencia do Progressivo inglês no trabalho da banda é notória e a beleza de suas composições neste trabalho provem da simplicidade das melodias e de progressões harmônicas clássicas e já bastante exploradas por inúmeros grupos que os influenciaram. Se você aprecia o tradicional progressivo britânico com influencia do FOCUS e do CAMEL este álbum é o que podemos chamar de imperdível. 

SUPER ULTRA RECOMENDADO!!!

Tracks Listing:
1. Four Moments [1 Glories Shall Be Released (6:40)
2. Dawn of Our Sun (5:06)
3. Journey Through Our Dreams(6:43)
4. Everything Is Real (2:09)
5. Rosanna (5:59)
6. Openings (13:01)

Total Time: 39:38

Musicians:
- Mario Millo / vocals, guitar, mandoline
- Toivo Pilt / keyboards, mellotron
- Alex Plavsic / drums, percussion
- Peter Plavsic / bass


Mega [MP3 320K]

Discografia:

1975 • Sebastian Hardie
1976 • Windchase
1997 • Live in LA
2011 • Blueprint

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog

WORLD