quarta-feira, 7 de agosto de 2019

ALPHATAURUS • Alphataurus [1973 • Italy / Itália


Eis aqui um dos mais incríveis tesouros entre muitos lançado na Itália durante os anos setenta. O Alphataurus foi uma banda muito talentosa (e obscura), composto de cinco elementos nos quais destaca-se a figura principal de Pietro Pellegrini no piano, órgão, moog, vibrafone e espineta. A musicalidade está nos picos mais altos, muito cativante e convincente. Ele combina arranjos variados, desde os mais difíceis para outros mais sinfônicos. A singularidade da banda é demonstrada também pela obra de arte maravilhosa e original da capa na qual uma pomba com pouco está jogando bombas sobre um mundo fantástico. Talvez um planeta extraterrestre ...  A remasterização contém uma grande preto e branca dos cinco membros da banda que parecem observar com curiosidade para o que está acontecendo com esse mundo paralelo. "Não confie em pessoas que pregam a paz se eles costumam justificar a violência que cometem. Eu sei o que eu quero dizer".

A faixa de abertura "Peccato D'Orgoglio" é um notável peça de 12,25 minutos de duração. A introdução mais "dark", uma espécie de presságio ou profecia sobre o que vai acontecer! Uma menção especial tem que ir para os vocais de Michele Bavaro. Ele parece ter ouvido o álbum "Palepoli", de outra banda memorável: OSANNA. Há um grande papel para as guitarras elétricas. Teclados, apesar de ter importância proeminente como sempre acontece no cenário Prog italiano, não são tão "ditatoriais" como eles costumam fazer.

Essas peculiaridades são evidentes na segunda faixa "Dopo L'Uragano" (Após o furacão). Outro opus convincente numa veia triste e "dark" que parece ser a marca registrada no lançamento do primeiro disco da banda.

"Croma" é, sem dúvida, a obra mais original e Prog no álbum. Muitas mudanças de "humor" e uptempos, teclados fortes e poderosos. É interessante que a banda, no encarte, declarou: " As gravações do álbum foram feitas apenas com os instrumentos de membros da banda e não foi usada orquestra para nenhuma das cinco faixas".

"La Mente Vola" (vôo da mente) é uma outra longa peça que chama muito a atenção e parece registrada em anos mais recentes. Basta prestar atenção para a seção ritmica e a estrutura da canção. Um arranjo muito moderno e bem executado. É mais íntima e mais doce do que as três anteriores. Os vocais são maravilhosos e poéticos, a respeito do homem que entende a importância de orar a Deus: "... acima lá há alguém ..."! Carisma impressionante e belo trabalho no vibrafone fornecida por Pellegrini!!!

"Ombra Muta" (Sombra muda) Possui uma estrutura fina e melódica com alguns flashs de algo mais agressivo e guitarra elétrica cativante e ótimos teclados !! Com o temperamento "dark" e sombrio habitual.

"Alphataurus" sem dúvida é uma verdadeira obra prima italiana, e é recomendado a todos que apreciam um disco forte e com uma identidade bem particular recheados de ótimos momentos do Rock Progressivo clássico.

Tracks:
1. Le chamadere(Peccato d´orgoglio) (12:18) 
2. Dopo L´uragano (4:48) 
3. Croma (3:14) 
4. La mente vola (9:21) 
5. Ombra Muta (9:48)

Total Time: 39:29

Musicians:
- Michele Bavaro / vocals 
- Alfonso Olive / bass 
- Pietro Pellegrini / keyboards 
- Giorgio Santanderea / drums 
- Guido Wasserman / guitar



Mega [MP3 320K]

Discografia:

1973 • Alphataurus
1992 • Dietro l'uragano
2013 • AttosecondO

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog

WORLD